sexta-feira, 25 de abril de 2008

LÁGRIMAS

Lágrimas
Choradas e sentidas
Na solidão do meu quarto...
Lágrimas
Que só eu vejo e sinto...
Choro por ti,
Pelo nosso amor desfeito,
Pelo Mundo,
Por todo o que é desgraçado,
Por aquele que amou
Mas nunca foi amado
E ainda por quem
Na vida só conheceu a dor...
E choro também por mim,
Meu amor...

Em 26.07.1964

15 comentários:

Acordomar disse...

Amiga,
um abraço grande, grande, com lágrimas, com saudades, com uma dor que só alguns sentem e conhecem, como dizes ...

>--`--,---@

elvira carvalho disse...

Um poema muito triste. Deixo um abraço, e votos de que regresse a felicidade.

DelfimPeixoto disse...

O fim pode ser um recomeço.

Menina do Rio disse...

Por tanto que se chora; pelas dores e desamores, por nós...E ainda havemos de chorar

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Leonor, espero sinceramente que as palavras deste poema, não se refiram a ti... como tem a data de 1964, ainda eras muito novinha...
Poema lindo mas, de partir o coração!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

anad disse...

Porquê tanta tristeza?
Anad

anad disse...

Bom fim de semana e bom feriado
Anad

Maria Laura disse...

Um poema pode ser triste e belo. A falar verdade, parece que os melhores poemas são tristes, mesmo. Um abraço

Maria, Simplesmente disse...

Olá Leonor!...
Vim fazer-lhe uma pequena visita para saber como está.
Agora é uma altura em que tenho menos tempo, mas gosto sempre de ver, mesmo que seja em poucos minutos o que há de bom e o seu lugar é um dos muitos que gosto.
Bom domingo.
Maria

elvira carvalho disse...

Passei por aqui. Na falta de novidades, deixo o meu abraço e votos de boa semana.

JoAnInHa disse...

Desculpa a invasão no teu blog, mas tinha que comentar, o poema está lindo, intenso nota-se bem que vem do fundo do coração =)
Beijos

Sei que existes disse...

Um poema lindo, apesar de demonstrar sofrimento.
Beijos

Clarice disse...

Deixo-te um abraço, para que essas dores já passadas fiquem bem cicatrizadas.

elvira carvalho disse...

Só passei para deixar um abraço. E votos de bom fim de semana

Joseph disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.