terça-feira, 25 de dezembro de 2007

PROCURO-ME

Nasci na outra margem da vida
E por lá fiquei perdida,
Sempre á procura de mim.
Passaram dias e anos..
Foram tantos os desenganos,
E a procura não teve fim...
Onde estou? Quem sou? Donde vim?
Se eu cruzar o teu caminho,
Não me deixes, não me ignores!
Responde-me só, se souberes,
Mas não tenhas pena, não chores.
Ajuda-me só a encontrar-me!
Ando á procura de mim!

Leonor Costa

Em 12.2007

24 comentários:

gaivota disse...

leonor,
bonito o teu poema, andamos errantes na vida à procura, sempre à procura
às vezes de nós próprios,
é verdade...
desejo que te consigas encontrar!
um beijinho

Paula Raposo disse...

Cá estou a visitar-te conforme prometi. Obrigada por me teres convidado. Beijos.

Maria Laura disse...

De alguma forma, andamos todos à procura de nós, Leonor. E é dentro de nós que nos encontramos.
Um beijo e o desejo de um 2008 muito feliz!

LUA DE LOBOS disse...

POIS POIS E SE ... OLHA UM BOM aNO PARA TI:)
XI
MARIA DE SAO PEDRO

Clarice disse...

Nossa eterna busca!
Abraços e que 2008 seja muito inspirador!

elvira carvalho disse...

Que tenha tido um óptimo Natal, e que 2008 seja um excelente ano.
Um abraço

MªJosé M. disse...

Leonor,

No fundo essas são perguntas que todos acabamos por fazer a nós mesmos ou até aos outros.
- Para onde vou?!
Também oportuna nessa busca do eu que somos

Vamos para um Novo Ano!
Que 2008 corresponda aos seus anseios e também seja feito de momentos felizes, com saúde e em paz.

Bjs

MIMO-TE disse...

Lindissimo!!! Amiga, andamoa todos, sempre à nossa procura. :)

Desejo que 2008 encontres tudo o que procuras e sejas feliz.

Mimos meus

Nilson Barcelli disse...

Um excelente poema cara amiga.
Todos nós nos procuramos, mas muito poucos sabem dizê-lo tão bem como tu.
Um óptimo 2008 para ti e para a tua família.
Beijinhos.

Pepe Luigi disse...

Passei para desejar-lhe um pleno final de 2007 e um ainda melhor começo de 2008.

Odele Souza disse...

Oi Leonor,
Obrigada por sua visita e por seu elogio ao poema que fiz para minha filha Flavia.

Este seu poema também está lindo!! E a foto da entrada de seu blog é maravilhosa.
Bom final de ano para você e um EXCELENTE 2008!

Um abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Leonor lindo poema, minha querida.
Tenho uma prendinha para ti no FOTOS-FERNANDA.
Muitos beijinhos,
Fernandinha

Luis F disse...

Obrigado amiga, pelos votos e pela visita ao Mar de Sonhos.

Venho retribuir a visita e desejar um feliz ano novo para ti e para todos os que te são queridos.

Bjs

wind disse...

Vim renovar os votos de um Bom Ano:)

© Piedade Araújo Sol disse...

Leonor,

Já leste assim?

Ando á procura de mim
Ajuda-me só a encontrar-me!
Mas não tenhas pena, não chores.
Responde-me só, se souberes.
Não me deixes, não me ignores!
Se eu cruzar o teu caminho,
Onde estou? Quem sou? Donde vim?
E a procura não teve fim...
Foram tantos os desenganos,
Passaram dias e anos...
Sempre à procura de mim
E por lá fiquei perdida,
NAsci na outra margem da vida!

(as palavras sao as tuas, eu apenas as coloquei de baixo para cima)

Nunca resisto a ler assim...

Fica um beijo de amizade da

Pi

jorgeferrorosa disse...

Um poema, uma mensagem linda, sentida, porque a urgência é de procura do Eu, tais são as palavras que profere: "Sempre á procura de mim...
Onde estou? Quem sou? Donde vim?...Ajuda-me só a encontrar-me!
Ando á procura de mim!" Profundo. Espero que neste novo ano que se avizinha se possa encotrar, desejo-lhe um Feliz Ano de 2008, com saúde que é o mais importante.
Abraço
Jorge

Ana Luar disse...

Acho que andamos todos meio perdidos... e só não nos perdemos completamente pk ainda nos temos.

Um beijo Leonor... ADOREI!

brisa de palavras disse...

Um bom ano de 2008...e um bom reencontro consigo própria.

um abraço

brisa de palavras

Parvinha da Silva disse...

impressionante e inquietantemente bela a tua poesia. Parabéns.

Voltarei

Bom Ano



(Nota: o "apartamento" fica num parque de campismo, como deves ter percebido)

Um beijo

Sol da meia noite disse...

Faz sentido o que escreves... todo o sentido. Gostei sim. Tanto parecido já escrevi...

Que o Novo Ano te possa dar respostas...

Beijinhos

O Profeta disse...

Olhos abertos de espanto
A esperança renovada
Há um novo ano que anuncia
Os passos da felicidade na sua chegada

E porque gosto de ti
Companheira de viagem
Que a minha companhia
Não seja uma miragem

E porque tocaste o profeta
Com a delicadeza da tua terna mão
No abrir das minhas portas
Ilumino teu coração


Um mágico 2008


Um beijo de luz

Ana Katarina disse...

Porque será que o "profeta" repete as mesmas quadras nos blogues que visita???
Sempre foi mais fácil apanhar um mentiroso que um cocho.
Este abutre é um exemplar da pior espécie.
Ora confiram:

http://mar-la-vento.blogspot.com/2007/12/ano-novo.html#links

belakbrilha disse...

LINDO!
...procuramos sempre, é uma procura constante!
procuramos ver o que na realidade SOMOS, COMO SOMOS, O QUE QUEREMOS...

PARECE QUE DEAMBULAMOS SOBRE A VIDA!
Quanto mais avançamos nos anos, mais interrogações nos interpelam!...
...e já vão alguns! 48 ;)

bjs

Baby disse...

Nesta caminhada longa da vida também te acompanho nesta busca perdida onde me procuro , dia-após-dia , cá caminho em direcção ao desconhecido de mim mesma ...
Bonito blogg :-)