segunda-feira, 27 de abril de 2009

NA CORRENTE DA VIDA







Tenho ceptro, sou raínha



Dum mundo por inventar.



Meu manto é feito de bruma,



Minha coroa de estrelas



E meus olhos de luar.



Meu nome não sei qual é.



Podem chamar-me Solidão.



Vim na corrente da Vida,



Parei no teu coração.








Leonor Costa

9 comentários:

elvira carvalho disse...

Lindo, lindo.
Deixo um abraço e votos de bom feriado e bom fim-de-semana.

Associação Sénior e Autodidacta de Portimão disse...

É sempre com renovado gosto que leio os seus poemas porque os acho maravilhosos.
Cheios de carinho e romantismo.

Sonhar é outra forma de vida
Que bom seria poder concretizar todos os sonhos lindos que alguma vez tivemos.
Bj

joaninha disse...

Tão bonito!
Sempre inspirada a minha amiga. Fico muito feliz por ter voltado a ler trabalhinhos seus.
Gostei mesmo.
Bom fim de semana e mil beijinhos

Luis F disse...

Lindo. Estás de parabéns pelo momento aqui deixado.

Gostei de por aqui ter navegado e sentido o perfume das tuas palavras

Com amizade
Luis

elvira carvalho disse...

Engraçado que o blogger dá-me actualização dos seus postes. Mas chego aqui e encontro tudo na mesma.
Um abraço

Moon princess* disse...

Boa noite!!!
Gostei muito dos teus textos!
São muito bonitos!
Passarei mais vezes.
Bom Fim de semana =)

Maria Zélia disse...

PARABÉNS!
Lindo este seu poema ... carregado de sentimento!
Gostei sinceramente e dou-lhe os meus sinceros Parabéns por ele!
Com carinho
Maria Zélia Gomes

lagartinha disse...

Sempre que tiver disponibilidade, passarei por aqui...
Beijo e obrigada por fazer do nosso clube um cantinho simpático.

direitinho disse...

Obrigado pela visita que muito me ajuda a procurar fazer cada dia melhor.
Gostei muito do que vi aqui nete seu cantinho. Dá gosto ler e meditar. Partir nas asas de um sonho e voltar sempre ao nosso lugar. Parabéns.